Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Bola parada rende frutos e treinador coral explica trabalho focado no fundamento

Publicado: quinta-feira,15 de fevereiro de 2018, às 10:28
Por: Alexandre Ricardo

Foi na bola parada que o Santa Cruz construiu a apertada vitória sobre o Afogados da Ingazeira, fora de casa. E o autor do gol, o zagueiro Augusto Silva, marcou pela segunda vez no Campeonato Pernambucano em lance originado por levantamento na área. 

Desde a pré-temporada, o fundamento vem sendo observado na equipe como algo a ser explorado. O lesionado meia Daniel Sobralense, alternando com Arthur Rezende, foram os nomes escolhidos para chamarem a responsabilidade. Com a ausência do primeiro, Arthur Rezende vem assumindo tal protagonismo, chegando até a marcar de falta contra o Central. 

Porém, o nome que vem se destacando nos treinamentos e responsável pela assistência para o gol de Augusto Silva é o do lateral-esquerdo Henrique Ávila. Cada vez mais titular, o jogador teve escolha explicada pelo técnico Júnior Rocha, que reforçou o quanto vem trabalhando com seus comandados. 

" A bola aérea sempre é algo trabalhado. Criamos algumas alternativas porque Arthur (Rezende) vem sentindo um pouco na região anterior da coxa e optamos pelo (Henrique) Ávila. Estamos treinando o posicionamento, a entrada organizada na hora da batida. Tudo vem sendo mostrado e os jogadores estão assimilando, comprando a ideia e a tendência é dar certo. Fomos felizes novamente neste aspecto e espero que continuemos melhorando ", explanou o treinador coral. 

Compartilhe:

Bola parada rende frutos e treinador coral explica trabalho focado no fundamento

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.