Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Confiante em bom clássico, Júnior Rocha tem quatro dúvidas para armar o Santa Cruz

Publicado: sexta-feira,16 de fevereiro de 2018, às 16:07
Por: Alexandre Ricardo

Prestes a comandar sua equipe no primeiro clássico do ano para o Santa Cruz, o técnico Júnior Rocha falou sobre a expectativa que cerca não só os jogadores, mas ele pessoalmente. Numa carreira curta como treinador, o comandante coral reconheceu que uma partida desse porte é diferente. 

Questionado, Júnior Rocha falou do que espera ver dentro de campo diante do Náutico. Atuando dentro de casa, o Mais Querido deve ser um time acima de tudo competitivo, na tentativa de deixar o torcedor coral satisfeito após o apito final. 

" Não pode faltar intensidade num clássico. Futebol virou alto rendimento puro, vamos descansar nossos atletas para estarmos inteiros amanhã. Nesta sexta-feira(16) é mais um treino leve porque a partida vai exigir bastante. A expectativa é muito boa, este é o sentimento. Esperamos um grande jogo, que o torcedor do Santa Cruz saia feliz. Temos as nossas limitações, mas queremos colocar em prática o que temos trabalhado ", disse. 

Do outro lado, o Náutico vem num bom momento. Classificado à terceira fase da Copa do Brasil e líder do Campeonato Pernambucano, os alvirrubros têm a confiança como principal trunfo para surpreender no Estádio do Arruda. 

" O Náutico teve um começo instável, mas as vitórias e os objetivos conquistados dão confiança. Começaram num 4-1-4-1 e hoje variam para um 4-2-3-1, com mais personalidade. É uma outra equipe hoje, muito mais competitiva. O clássico chega numa grande hora, tanto para o Santa Cruz quanto para o Náutico pelo momento mais leve ", analisou o técnico tricolor. 

Em relação à equipe, Júnior Rocha não escondeu que o momento é de aguardar a recuperação de alguns jogadores para poder definir a escalação. " Tiago Machowski, Jeremias, Vítor e Arthur Rezende preocupam. Temos que ter cuidado porque podemos perder estes atletas para o restante do semestre. São situações a serem avaliadas ", comentou. 

CONTRATAÇÕES 
" A diretoria está correndo atrás, sabe da sua responsabilidade. É um processo que envolve eu, os jogadores e todo este trabalho nos bastidores. O mês de janeiro foi pago, está tudo em dia e vai permanecer. É um compromisso que firmamos e confio no que vem sendo realizado ". 

SEQUÊNCIA
" O lado psicológico vai nos ajudar muito, não existe evolução sem vitória. Ninguém quer perder, mas temos muito a evoluir. Falo sempre no dia a dia aos meus jogadores que precisamos crescer e as vitórias vão nos levando a bons caminhos. O jogo mais importante do ano é sempre o próximo e estou focado no Náutico ".

Compartilhe:

Confiante em bom clássico, Júnior Rocha tem quatro dúvidas para armar o Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.