Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Firme na titularidade, Ricardo Ernesto ainda não sofreu gols na Série C

Publicado: terça-feira,7 de agosto de 2018, às 17:33
Por: Alexandre Ricardo

A oportunidade, definitivamente, chegou. Contra a Juazeirense/BA, o goleiro Ricardo Ernesto realizou seu terceiro jogo defendendo a meta coral. Sob elogios do técnico Roberto Fernandes, que garantiu a posição para o arqueiro de 31 anos, o camisa 25 deve seguir até o fim da Série C. 

O momento é altamente positivo. Além de participar da defesa menos vazada de toda competição, com apenas 13 gols sofridos, Ricardo Ernesto ainda não teve de buscar a bola no fundo das redes no campeonato nacional. 

" A gente conseguiu ajeitar a casa, o sistema defensivo. Méritos sim dos treinamentos, dos jogadores que estão desempenhando. Fico feliz em ajudar de alguma maneira, sem sofrer gols. Contra o Remo, no primeiro turno, ainda não era o Roberto (Fernandes). Mas vale ressaltar que nosso grupo tem qualidade. Jogaram Genilson, Augusto Silva, depois chegaram o Sandoval e o Danny. Acabamos adquirindo a confiança e o resultado está aí ", opinou o goleiro. 

Ainda sobre a sensação de ter a confiança da torcida e da comissão técnica, Ricardo Ernesto relembrou do dia em que surgiu o convite para atuar pelo Brasileirão de Aspirantes. Com a garotada do Sub-23, o arqueiro participou de quatro partidas e descreveu o convite. 

" Contra o Globo/RN, ainda no intervalo, nosso presidente avisou que teria um clássico na estreia do Sub-23 e perguntou se eu queria participar. Ao contrário do que muitos pensam, com uma certa experiência, não fiquei chateado ou me senti menosprezado. A partir do momento que ele solicitou minha presença, vi que ele confiava no meu trabalho. Foi um dos aspectos que me deixou em condições de jogo para entrar na Série C sem sentir tanto o ritmo ", recordou. 

ELENCO
" Nosso grupo tem jogadores que provaram ter condiçoes de jogar. Em alguns momentos, Jeremias e Geovani foram titulares da equipe. Por lesões e escolhas, acabaram aguardando um pouco. Temos um elenco para fazer um grande jogo se houver rotatividade. Estamos próximos da classificação, mas o futebol precisa de matemática exata ".

MATA-MATA
" Na minha opinião, é fazer o resultado no primeiro jogo para ficar próximo do acesso. Cada vez mais vemos no Brasil que existe pouca reversão de placar. Na Série D, o Ferroviário goleou o Treze e foi campeão. Mas não escondemos que buscamos trazer o acesso para dentro de casa, com estádio cheio e com a possibilidade de comemorar com o torcedor ". 

ADVERSÁRIO 
" Fica o questionamento. É difícil falar sobre as pretensões do Salgueiro, mas o time tem jogadores com nomes a zelar, vão buscar um jogo com dignidade. Eles vem aqui fazer uma boa partida, já que se trata da última rodada ".

Compartilhe:

Firme na titularidade, Ricardo Ernesto ainda não sofreu gols na Série C

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.