Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Novo técnico coral fala da oportunidade e conta como aconteceu a negociação

Publicado: sexta-feira,2 de novembro de 2018, às 11:35
Por: Alexandre Ricardo

O novo treinador do Santa Cruz, Leston Júnior, sempre esteve entre os nomes cotados desde que as especulações surgiram em relação à busca da diretoria coral no mercado. Apesar da cautela do departamento de futebol ao falar do processo, o comandante revelou que o desejo mútuo foi o grande preponderante para que o acerto pudesse acontecer. 

Com 40 anos de idade, o técnico deu suas primeiras palavras após a oficialização da contratação. De acordo com ele, o entendimento nas conversas foi crucial para que a negociação não fosse arrastada por muito tempo. Leston Júnior não trabalha desde o mês de junho, quando num comum acordo saiu do comando do Botafogo/PB.

" Praticamente foram dois dias de conversa, onde tivemos a oportunidade de nos conhecermos melhor. O que era importante para iniciar um projeto dessa grandeza. Não foi uma negociação que se arrastou tanto, pois havia vontade das duas partes. Quando acontece isso, as coisas acontecem mais rápido. O que nos deixa motivados a conquistar os objetivos à frente da equipe no próximo ano ", contou Leston, em entrevista à assessoria de comunicação do Santa Cruz. 

Sobre os motivos que o levaram a aceitar o convite, o treinador citou a força que a tradição do clube das três cores como fundamental neste novo desafio. Conhecedor do futebol nordestino, Leston Júnior mostrou muita confiança no projeto que foi passado visando as quatro competições a serem disputadas: Pernambucano, Nordestão, Copa do Brasil e Série C.

" Sem dúvida nenhuma, recebi (o convite) de uma forma muito positiva. Pela grandeza do clube, pelo projeto que foi apresentado, pela conversa que tive com a direção e pude enxergar em todos eles uma vontade muito grande de fazer com que 2019 seja um ano de muitas felicidades para o torcedor, de prosperidade. Que os resultados sejam compatíveis com a força do Santa Cruz ", ressaltou. 

CATEGORIAS DE BASE
" Uma das partes desse grande projeto é a questão do aproveitamento dos atletas formados no clube. Tive a oportunidade de estar na base de três grandes clubes: América/MG, Cruzeiro e Bahia. Isso me dá condições de realizar trabalho um de atenção. Precisamos ter o entendimento de que é um processo, criar uma situação favorável. Contamos com a compreensão do torcedor, que sempre cobra essas oportunidades para os jogadores mais novos ".

Compartilhe:

Novo técnico coral fala da oportunidade e conta como aconteceu a negociação

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.