Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Executivo confirma busca por parcerias, mas fala em critérios antes de negociar

Publicado: quarta-feira,14 de novembro de 2018, às 15:17
Por: Alexandre Ricardo

Nos próximos dias, a diretoria do Santa Cruz viajará pelo Brasil em busca de parcerias, já no trabalho de montagem do elenco para a temporada 2019. Ao lado do presidente Constantino Júnior e do técnico Leston Júnior, o diretor executivo Luciano Sorriso deve passar por clubes de Minas Gerais e São Paulo para estreitar laços.

Com baixo orçamento, o Mais Querido deve apostar novamente na chegada de atletas a custo zero. Algo próximo do que aconteceu com o Palmeiras nesta temporada, que cedeu o zagueiro Augusto Silva, o lateral Maílton e o volante Johnny. De volta ao Sudeste depois de ser apresentado oficialmente, Luciano Sorriso contou como tem trabalhado nesses primeiros dias à frente do departamento de futebol.

" Mesmo longe, estamos nos comunicando a todo momento. Eu e o presidente, eu com o Leston. Vamos trabalhar em conjunto, obviamente respeitando a parte técnica. Se houver um entendimento de que os nomes cabem no orçamento e é uma satisfação para o clube tê-los, aí vamos avançando as negociações. Já temos muita coisa sendo avaliada pelos nossos analistas de desempenho ", explicou. 

Apesar dessa tentativa de adaptar as dificuldades financeiras com a necessidade de montar uma equipe competitiva, o dirigente ressaltou a importância de obedecer a critérios. Um dos principais objetivos é reduzir o número de erros nas contratações.

" Por mais que às vezes seja vantajoso financeiramente para o Santa Cruz, ter parcerias com esses grandes clubes, não adianta a gente trazer só número e perder o grupo. O jogador tem que vir com a própria vontade, não só porque não está sendo utilizado. Queremos atletas para agregar, sendo assim vamos ter muito cuidado ", garantiu Luciano Sorriso.

Compartilhe:

Executivo confirma busca por parcerias, mas fala em critérios antes de negociar

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.