Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

85,8333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Dirigente explica empréstimo de Jeffinho e evita conclusões sobre pratas da casa

Publicado: quarta-feira,19 de dezembro de 2018, às 12:56
Por: Alexandre Ricardo

Aos poucos, o elenco do Santa Cruz vai ganhando forma. Com as oito contratações oficializadas até o momento, a diretoria trabalha para oferecer mais opções a Leston Júnior, para que o técnico possa avaliar de fato as necessidades e chegar às devidas conclusões em relação ao plantel que tem em mãos. 

Em entrevista coletiva, o executivo de futebol coral, Luciano Sorriso, falou sobre o processo de empréstimo de alguns atletas. Além de confirmar que o goleiro Lucas Silva, de 21 anos, não faz parte dos planos, o dirigente explicou a negociação do volante Jeffinho com o Bagé/RS, que renovou contrato recentemente após se destacar no time Sub-23.

" O Jeffinho recebeu uma proposta de 400% a mais do que ele ganhava aqui. Pediu para ser liberado, com aval do Leston. Ele não é oriundo das categorias de base, chegou aqui com uma certa experiência. Lógico que tem muita qualidade, é bom jogador. Mas foi emprestado para dar rodagem e volte até mais fortalecido para nós ", detalhou. 

Jefferson Bernardo da Silva tem 23 anos e fazia parte de uma lista que foi integrada ao elenco principal, depois de disputar o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Questionado sobre a competitividade na posição, que teve a chegada de Lucas Gonçalves, 22 anos, até mais novo que Jeffinho, Luciano Sorriso negou uma escolha em detrimento a outra. 

" O Lucas (Gonçalves) foi um acordo do presidente Constantino Júnior com o próprio empresário do atleta, há meses atrás. Inclusive não participei da negociação. É um jogador bem diferente do Jeffinho, com características distintas. Ele não chegou para tomar o lugar de outro ", garantiu. 

Continuando a falar sobre a ideia de abrir um espaço maior para os jovens formados nas categorias de base do clube, o executivo foi taxativo ao afirmar que ainda é muito cedo para tirar conclusões sobre a quantidade de jogadores a serem aproveitados na equipe profissional. 

" É muito precipitado ter uma leitura deles porque temos três atletas que começaram a treinar na última segunda. Avaliamos algumas partidas, mas o nível dos adversários não nos deu uma certeza de convicções que a gente tem que ter. Inclusive na próxima sexta(21) vai haver um coletivo com o Sub-20. Vamos ter sim uma atenção especial com eles, total carinho e respeito. Entender que eles fizeram uma boa competição, mas precisamos de um entendimento mais claro ", finalizou Luciano Sorriso.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Dirigente explica empréstimo de Jeffinho e evita conclusões sobre pratas da casa

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.