Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Querendo espaço na equipe, Marcos Martins considera assistências como ponte forte

Publicado: quinta-feira,3 de janeiro de 2019, às 17:17
Por: Alexandre Ricardo

Um dos jogadores mais experientes entre os contratados, o lateral-direito Marcos Martins quer seu lugar ao sol na equipe considerada titular. Os primeiros treinamentos da pré-temporada apresentaram o jovem Augusto Potiguar na posição, mesmo após as chegadas tanto de Marcos quanto de Cesinha. 

Com uma boa quantidade de clubes na carreira, o jogador de 29 anos falou sobre a disputa por uma vaga e deixou em aberto a possibilidade de atuar em outros setores do campo. 

" Venho querendo ser titular. Todo jogador quer seu espaço, comigo não é diferente. Vou trabalhar para jogar. Respeito meus companheiros, mas pode ter certeza que vou dar melhor quando estiver dentro de campo, no dia a dia. Já realizei várias funções durante minha carreira, joguei como meia, pelas beiradas. Estou à disposição ", contou Marcos Martins. 

Durante sua trajetória, o lateral acumula títulos estaduais nas passagens que realizou pelo Nordeste. Em 2018, fez parte do elenco do Botafogo/SP que subiu à Série B do Brasileirão. Além do currículo, Marcos Martins pontuou uma característica que deseja explorar vestindo a camisa coral. 

" Todos os lugares que passei, fui líder de assistências. No Ceará, no próprio CRB, onde ganhei destaque na Série B. Quero chegar na linha de fundo com bons cruzamentos, dar passes para os atacantes. Conheço o futebol local, aqui tem muita correria e agressividade ", detalhou. 

ACERTO 
" Estou feliz de estar aqui no Santa Cruz, um clube grande. E agora com um CT lindo, que facilita o trabalho. Tive essa oportunidade de vir, conhecia o Leston Júnior e abracei. Aqui tem uma torcida maravilhosa, que incentiva. Isso deixa a gente feliz, almejando coisas grandes. Quero levantar título ". 

ELENCO 
" Antes de vir, pesquisei o elenco. Jogadores que já joguei contra, como Charles e Danny Morais. Temos que conhecer a rapaziada toda, é um grupo forte. Você tem que saber as características do seu companheiro. Facilita quando a bola rola. Espero fazer minha história aqui, continuar por muitas temporadas ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Querendo espaço na equipe, Marcos Martins considera assistências como ponte forte

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.