Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Dirigente reconhece dificuldade no mercado para contratar meio-campo

Publicado: sábado,5 de janeiro de 2019, às 11:25
Por: Alexandre Ricardo

Analisando o elenco que tem hoje à disposição o técnico Leston Júnior, é evidente que a maior necessidade do Santa Cruz se encontra na armação de jogadas. Atualmente, para fazer a função de meia, se aproximam dessa característica os recém-contratados Allan Dias e Luiz Felipe, além dos remanescentes Jeremias e Hericles. 

Seguindo no mercado, na tentativa de suprir essa carência, a diretoria coral tem encontrado dificuldades para acertar com um nome que agrade. Com a iminência do início das competições, o executivo de futebol do clube, Luciano Sorriso, reconheceu que a procura deve ganhar um caráter de urgência.

" A gente tem buscado, dia e noite, esse atleta. Temos procurado perfis que se encaixem financeiramente, mas é óbvio que já era para ter trazido. Os atletas que fomos atrás optaram por não vir, tentamos de três a quatro. Estamos atentos ao mercado a todo momento. É bem provável que venha com urgência, mas o desespero pode pregar coisas que no futuro podem não ser boas para nós. Temos que ter cautela quanto a isso ", disse o dirigente. 

Perguntado se a questão financeira vem sendo um empecilho determinante neste processo, Luciano Sorriso revelou que há um nome que conversou com o Santa Cruz, mas preferiu o Campeonato Paulista. Possibilidade que, para um futuro próximo, não está descartado. 

" O mercado está aberto, são 27 estaduais pelo Brasil. Os clubes todos estão atrás dessa posição, escassa no país inteiro, não só com a gente. Temos tentado convencer que as coisas têm mudado. Inclusive um atleta preferiu o Paulistão no primeiro semestre. Com resultado e as coisas caminhando, teremos respaldo para que no futuro ele possa vir, ainda em 2019 ", contou. 

CICLO DE CONTRATAÇÕES 
" O futebol é muito dinâmico. Temos que estar dispostos a trazer nomes que vão agregar. Chegamos a 13 contratações, é bem provável que virão mais. Vamos fechar algumas lacunas que ainda restam. Estive em São Paulo, fui em alguns clubes para que pudesse viabilizar alguma coisa. Mas eles vão empurrando e nem tudo é útil para nós. Estamso trabalhando com critério ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Dirigente reconhece dificuldade no mercado para contratar meio-campo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.