Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

73,5714285714286

Classifique:

Futebol Profissional

Ricardo Ernesto brilha e Santa Cruz fica no empate sem gols com Botafogo/PB

Publicado: terça-feira,15 de janeiro de 2019, às 23:34
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - Passando toda pré-temporada sem maiores problemas de ordem médica no elenco, o Santa Cruz entrou em campo para a estreia na Copa do Nordeste com um desfalque e tanto. Após sentir a coxa no último treino realizado em Recife, o atacante Pipico teve lesão detectada e foi vetado pela comissão técnica. Para o seu lugar, o técnico Leston Júnior acionou Neto Costa, que se aproxima às características de um camisa 9. O restante da equipe foi repetido, em relação ao que vinha trabalhando: Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Vitão, Danny Morais e Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Hericles; Augusto, Elias e Neto Costa.

O JOGO - A partida começou bastante movimentada, com o Treze tomando a iniciativa e permanecendo mediante uma maior posse de bola. O Santa Cruz apostou em linhas de marcação baixas, explorando a velocidade dos jogadores pelos lados do campo: Elias, pelo lado esquerdo, e Augusto, que foi posicionado pela direita.

O primeiro tempo foi de poucas chances criadas pelas equipes, que promoveram uma disputa muita intensa pela posse de bola no meio de campo. Jogando em casa, o Botafogo tomou mais iniciativa, mas esbarrava na organização defensiva do Mais Querido, que por sua vez apostava na velocidade dos atacantes pelos lados do campo. 

A melhor chance da primeira etapa aconteceu por volta dos 32 minutos, quando Hericles descolou lançamento para Elias. O jovem atacante tricolor, percebendo a aproximação da marcação, tentou a finalização de perna esquerda, mas mesmo com o desvio em Roniery, o goleiro Saulo realizou a defesa com tranquilidade. 

O começo do segundo tempo foi de superioridade do Santa Cruz, que criou ao menos duas chances nos primeiros 15 minutos. Uma com Augusto, que recebeu cruzamento de Marcos Martins mas não conseguiu realizar um cabeceio de maneira equilibrada. Outra, em dois tempos: primeiro, Hericles não finalizou após passe de Augusto. No rebote, Elias tentou uma bicicleta, mas não conseguiu o chute.

Na volta do intervalo, as constantes mudanças fizeram com que a partida ficasse menos dinâmica. Já no início do segundo tempo, Augusto saiu para a entrada de Jô, um dos recém-contratados pela diretoria. No final das contas, os únicos que disputaram os 90 minutos foram o goleiro Ricardo Ernesto, o zagueiro Danny Morais e o volante Diego Lorenzi. 

Sem mais agredir o adversário, a equipe coral viu o jogo ficar mais igual, com os donos da casa exigindo boas defesas de Ricardo Ernesto. A situação piorou quando o atacante Neto Costa, aos 40 minutos, acabou fazendo falta e levou o segundo cartão amarelo, sendo expulso pelo árbitro. Os minutos finais foram de pressão paraibana, que apostou em chutes de fora da área, mas esbarrou no arqueiro tricolor.

MODIFICAÇÕES - A primeira mudança aconteceu aos 20 minutos do segundo tempo, quando Hericles reclamou de dores na região do joelho, sendo substituído por Luiz Felipe. Faltando pouco mais de dez minutos para o fim da partida, Cesinha entrou no lado direito de ataque, na vaga de Augusto. Logo após a expulsão de Neto Costa, Elias saiu reclamando de desgaste, dando lugar ao volante Eduardo. 

Compartilhe:

Ricardo Ernesto brilha e Santa Cruz fica no empate sem gols com Botafogo/PB

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.