Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Tentando alcançar padrão, Leston Júnior quer evitar maiores mudanças na equipe

Publicado: sábado,19 de janeiro de 2019, às 11:21
Por: Alexandre Ricardo

Os desafios vão começando a surgir para valer. Num discurso de reconhecimento a uma maior responsabilidade, o técnico Leston Júnior falou sobre o trabalho para garantir a primeira vitória do ano, desta vez diante do torcedor, que no domingo(20) vai ter a oportunidade de ver a equipe de perto, oficialmente. 

Em relação ao time que vai entrar em campo, o treinador coral falou sobre a necessidade de dar uma sequência à formação que vem sendo utilizada. O que leva a crer que a única mudança será no meio-campo, com a entrada de Allan Dias no lugar do lesionado Hericles. 

" Nesse primeiro momento, não vamos ficar mudando muito. Início de trabalho, quando você começa a jogar, nada substitui o jogo. Se eu não repetir uma base, vou retardar um ganho de padrão. A partir daí, com uma forma de jogar mais elaborada, a troca acontece de forma natural. A tendência é que a gente reproduza o que fizemos ao longo da pré-temporada ", explanou o comandante tricolor. 

Em relação ao adversário, Leston Júnior afirmou que o fato de não conhecer muito sobre o América/PE se torna um obstáculo para a estreia no Campeonato Estadual. O que também, de acordo com ele, demanda um acréscimo no grau de concentração para a partida. 

" É uma situação diferente, por exemplo, da do Botafogo/PB, até pela manutenção do elenco de um ano para o outro, até do meu conhecimento. A partida contra o América se torna mais perigoso por não contarmos com tanta referência em relação às informações: modelo de jogo, característica individual dos atletas. Por isso estamos focados, mobilizados para fazer um jogo forte. Teremos que competir muito para que, em algum momento, possamos traduzir o volume em gols ", projetou. 

NETO COSTA
" O lance da expulsão foi acidental e até digo mais: o jogo estava tranquilo e o árbitro, num lance reincidente, acabou dando o segundo amarelo. Você tem que analisar o contexto da partida. Um lance bobo, que passa despercebido até para que ele repita a atuação e consiga traduzir a competitivdade em oportunidades para fazer os gols ". 

EMPRÉSTIMOS DE ATLETAS 
" Falo desde a minha chegada que não quero chave do clube ou algo do tipo. Tudo passa por uma avaliação minha, com toda direção. Não queria individualizar as situações de David, Jeffinho e Caetano. Prefiro me concentrar em quem está aqui, sendo aproveitado. Como o próprio Elias. Desafio procurar qualquer time da Série A que está iniciando com alguém do Sub-20, desta forma ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Tentando alcançar padrão, Leston Júnior quer evitar maiores mudanças na equipe

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.