Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Treinador coral comenta saída de Augusto e estimula disputa por titularidade

Publicado: quinta-feira,31 de janeiro de 2019, às 10:00
Por: Alexandre Ricardo

Com o retorno de Neto Costa para enfrentar o Afogados da Ingazeira, o técnico Leston Júnior tinha a opção de manter o trio ofensivo que entrou em campo nas três primeiras partidas do ano, com Elias e Augusto pelos lados do ataque e o centroavante completando o setor. Porém, a decisão foi pela entrada de Jô no lugar de Augusto, para a função de um ponta aberto na direita. 

A decisão foi comentada pelo treinador coral, logo após a goleada por 4x1. No jogo anterior, contra o Bahia, Jô havia sido acionado pelo lado esquerdo do ataque, já que Elias desempenhou o papel de camisa 9. De acordo com Leston Júnior, a escolha pela saída de Augusto passa por critérios físicos, mas sempre com a meritocracia em primeiro plano. 

" Primeiro, porque Augusto é um jogador que não atuou com tanta frequência no ano passado. Precisamos fazer algumas avaliações quando passam as 48 horas pós-jogo. E o Jô vinha numa crescente a nível de treinamento. Vamos trabalhar sempre direcionando o merecimento, privilegiando quem dá o melhor estímulo no dia a dia. Não dá para se basear só no jogo. Quem jogou bem, fica. Quem jogou mal, sai. Não pode ser assim, porque não gera confiança ", respondeu o comandante tricolor. 

E essa briga pela titularidade promete ser uma marca do técnico, que afirmou não ter um time considerado ideal neste momento. Ainda segundo Leston Júnior, a intenção é sempre provocar a disputa por uma vaga na equipe. 

" Comigo no comando, a disputa vai estar sempre em aberto. Para esse momento inicial, é importante repetir o máximo de padrão possível. Depois as peças vão se encaixando naturalmente. Ainda não tenho um time ideal neste momento, porque não pude contar com todo elenco à disposição. Temos jogadores para estrear, outros que foram recentemente contratados. No futebol atual, não tem como 'titularizar' onze jogadores ", pontuou.

Compartilhe:

Treinador coral comenta saída de Augusto e estimula disputa por titularidade

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.