Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

85,8333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Tratando clássico como "memorável", Anderson fala das comparações com Tiago Cardoso

Publicado: segunda-feira,18 de fevereiro de 2019, às 16:00
Por: Alexandre Ricardo

Já são três partidas do goleiro Anderson, de 20 anos, com a camisa do Santa Cruz. Depois de ser titular na partida contra o Petrolina, o arqueiro substituiu Ricardo Ernesto no intervalo da vitória sobre o Sinop/MT, assumindo a posição no Clássico das Multidões após o titular ser vetado pelo departamento médico, por conta de dores na coxa. 

Contente com as primeiras oportunidades como profissional, Anderson fez uma avaliação da sua atuação no triunfo diante do Sport Recife, no Estádio do Arruda. Antes disso, as palavras iniciais foram de agradecimento ao apoio do torcedor nas arquibancadas.

" Quero agradecer a presença do torcedor no estádio, fizeram uma festa muito bonita. Estou confiante, mas com respeito ao Ricardo (Ernesto), que tem uma história no clube. Isso não pode ser esquecido. A partir do momento que você descobre que vai jogar, a preparação começa. Tenho buscado ficar tranquilo, pois o nervosismo pode atrapalhar. Para um goleiro, confiança é muito importante ", respondeu o goleiro. 

Emprestado junto ao Palmeiras/SP, a diretoria aposta na experiência que o atleta tem, disputando grandes competições nas categorias de base. Após ter seu nome gritado pela torcida coral, Anderson até mencionou a comparação que tem sido feita nas redes sociais com Tiago Cardoso, um dos ídolos recentes do clube. 

" No Sub-20 do Palmeiras, fui campeão paulista e tive uma festa parecida, no Allianz Parque. Mas nunca vai sair da minha cabeça a torcida do Santa Cruz me chamando de paredão ontem, um dia memorável sem dúvidas. Acompanhava bastante o Marcos do Palmeiras, gosto do Ter Stegen. Mas agora vieram essas comparações que pareço com o Tiago Cardoso, foi inevitável ver os vídeos dele aqui ", contou. 

DEFESA 
" Realmente, foi uma defesa muito bonita no chute do Guilherme, onde evitei o gol com os pés. Joguei futsal até os meus 7 anos. Gosto de usar o pé, facilita bastante na hora da defesa. Tento treinar bastante no dia a dia para usar esse recurso durante os jogos ". 

CLÁSSICO 
" Confesso que estava nervoso, a tensão de clássico é normal. Principalmente no meu caso, que estou começando agor no futebol. Mas para quarta-feira(20), contra o Náutico, também sei da importância. Um jogo valioso, até mais do que foi contra o Sport por tudo que a Copa do Brasil representa financeiramente ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Tratando clássico como "memorável", Anderson fala das comparações com Tiago Cardoso

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.