Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

STJD concede efeito suspensivo e Pipico é liberado para o clássico

Publicado: sábado,16 de março de 2019, às 18:23
Por: Alexandre Ricardo

O atacante Pipico está liberado para o Clássico das Emoções deste domingo(17), contra o Náutico. Depois de ser punido com quatro jogos de suspensão pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco, o camisa 9 coral só poderia ser utilizado numa possível semifinal do Campeonato Estadual, desfalcando a equipe na vitória da última quinta-feira(14), diante do Central. 

Na sexta-feira(15), o Santa Cruz deu entrada no pedido de efeito suspensivo, junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva. De plantão, o STJD acatou a solicitação, liberando o artilheiro coral até que um novo julgamento seja realizado. A informação foi confirmada pelo presidente Constantino Júnior que, após a decisão imposta pelo TJD/PE, já havia deixado a possibilidade de recorrer em aberto. 

A utilização ou não de Pipico só será confirmada na divulgação da escalação minutos antes do jogo no Estádio dos Aflitos, marcado para às 16h. Neste sábado(16), o elenco trabalhou de maneira reservada no Estádio do Arruda, sem qualquer pista quanto aos atletas disponíveis e as escolhas a serem realizadas pelo técnico Leston Júnior. 

ENTENDA O CASO
Pipico foi denunciado por conta da expulsão contra o Petrolina, fora de casa. No primeiro julgamento, sofreu a pena de seis jogos de suspensão, enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em praticar agressão física durante a partida. Julgado à revelia, sem a presença da defesa, ele entrou novamente na pauta do tribunal, mas o clube coral não pôde apresentar o vídeo do lance. Com um placar de 5x4 nos votos, a punição foi reduzida para quatro partidas.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

STJD concede efeito suspensivo e Pipico é liberado para o clássico

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.