Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Ciente dos detalhes do Fluminense/RJ, Leston Júnior descarta maiores mudanças

Publicado: terça-feira,16 de abril de 2019, às 17:01
Por: Alexandre Ricardo

O Santa Cruz vai acertando os últimos detalhes para a quarta fase da Copa do Brasil, contra o Fluminense/RJ. Já em solo carioca, os atletas corais realizaram o último treinamento na tarde desta terça-feira(16), num Centro de Treinamento utilizado pelo Vasco da Gama/RJ, no bairro de Vargem Grande, região da Barra da Tijuca.

Antes da movimentação, o técnico Leston Júnior concedeu uma entrevista coletiva onde projetou o jogo de ida diante do Fluminense, por uma vaga nas oitavas de final da competição nacional. De acordo com ele, as características do adversário direcionam o comportamento que o Mais Querido deve ter em campo, para conseguir um bom resultado no Macaranã.

" Na temporada, em só um jogo o Fluminense não teve algo próximo dos 70% de posse de bola. É uma característica deles. Só não tiveram com o Flamengo, quando perderam no Campeonato Carioca. Querer competir esse controle com os times do (técnico) Fernando Diniz é enxugar gelo. A estratégia é entender isso, mas no momento que tiver a bola, saber o que fazer, atacando bem os espaços ", disse o treinador.

Em relação ao time, o comandante descartou mudanças drásticas na escalação coral. Desfalque do treino da segunda(15), após ser liberado para resolver assuntos particulares, o meia Allan Dias se juntou à delegação e deve permanecer na titularidade, assim como o restante da equipe que venceu o ABC/RN, na semana passada: Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves e Carlos Renato; Charles, Ítalo Henrique e Allan Dias; Dudu, Augusto e Pipico.

" Não há necessidade de mudar peça. O que às vezes precisa mudar é comportamento, num posicionamento diferente. O que pode acontecer de alteração é em função de uma característica específica, dentro do que acontecer durante o jogo, por exemplo. Eu entendo que, com essa base, dá para fazer um jogo com possibilidade de neutralizar o Fluminense ", explicou.

TAMANHO DO JOGO
" É enxergar o jogo como uma coisa positiva, e não negativa. Afinal de contas, existe todo esse glamour, de jogar no Maracanã contra um time de Série A. Mas isso é algo bom. Isso só está acontecendo graças ao trabalho nas três fases anteriores. Não pode trazer um peso maior do que a partida tem. É importante ter equilíbrio emocional, predominando o aspecto tático ".

ELIMINATÓRIA 
" Temos que enxergar o jogo como um todo. Considerar empate um bom resultado é relativo, às vezes você perde um pênalti e termina 0x0, poderia ser melhor. Duelos de 180 minutos, normalmente as coisas se resolvem na volta. Temos que ter esse entendimento de chegar no Arruda em condições de definir essa classificação ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Ciente dos detalhes do Fluminense/RJ, Leston Júnior descarta maiores mudanças

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.