Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Bruno Ré inicia transição e Dudu não deve jogar diante do Treze/PB

Publicado: sexta-feira,26 de abril de 2019, às 18:11
Por: Alexandre Ricardo

Passada a eliminação na Copa do Brasil, o Santa Cruz agora foca no início do Campeonato Brasileiro da Série C, com estreia marcada para a segunda-feira(29), diante do Treze de Campina Grande/PB, no Estádio do Arruda. A reapresentação do elenco aconteceu na tarde desta sexta-feira(26), com o grupo dividido entre regenerativo e uma movimentação no CT Ninho das Cobras. 

Os atletas que atuaram mais de 45 minutos na partida contra o Fluminense/RJ ficaram realizando um trabalho de recuperação no José do Rego Maciel, enquanto o restante do plantel seguiu para o bairro da Guabiraba. Substituído ainda no primeiro tempo do jogo da noite passada com dores na coxa direita, o atacante Dudu teve um estiramento diagnosticado e será reavaliado neste sábado(27). Com isso, as chances dele ficar à disposição para o próximo desafio são pequenas. 

Por outro lado, o lateral-esquerdo Bruno Ré foi liberado para a transição física, depois de se recuperar de uma lesão grau 2 na coxa esquerda. A expectativa é de que o jogador possa voltar a ser relacionado na segunda rodada, quando o Mais Querido visita o Ferroviário/CE na Arena Castelão, no dia 5 de maio.

" Nenhum atleta gosta de ficar de fora e eu não sou diferente. Meu último jogo foi contra o ABC/RN no Arruda, onde nosso time conquistou a classificação na Copa do Brasil. Infelizmente, não pude estar em campo neste segundo jogo contra o Fluminense. Fizemos um excelente partida e saímos de cabeça erguida. A festa que a torcida fez foi linda. Estão todos de parabéns ", disse Bruno Ré

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Bruno Ré inicia transição e Dudu não deve jogar diante do Treze/PB

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.