Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Com direito a gol no último minuto, Santa Cruz reage e empata com o Treze/PB

Publicado: segunda-feira,29 de abril de 2019, às 22:06
Por: Alexandre Ricardo

O TIME - A boa atuação na partida contra o Fluminense/RJ, pela Copa do Brasil, fez com que o técnico Leston Júnior optasse pela repetição da equipe. Houve apenas uma mudança, de maneira forçada. Com um problema na coxa direita, o atacante Dudu não pôde ser utilizado. Substituindo o companheiro no último compromisso, Jô teve permanência assegurada na titularidade. Diante disso, o Santa Cruz entrou em campo com Anderson; Marcos Martins, João Victor, William Alves e Carlos Renato; Charles, Ítalo Henrique e Patrick Vieira; Jô, Augusto e Pipico.

O JOGO - As coisas não aconteceram do jeito que o Santa Cruz esperava, na estreia da Série C do Brasileirão. Levando dois gols no primeiro tempo, a equipe tricolor foi buscar o empate na reta final do confronto diante do Treze de Campina Grande/PB, garantindo um ponto valioso devido as circunstâncias da partida.

A proposta do Treze do técnico Flávio Araújo era clara, de explorar a velocidade e incomodar o sistema defensivo do Santa Cruz a partir dos jogadores que caíam pelas extremidades. Fazendo um gol logo no início da partida, o Galo da Borborema aproveitou-se da ansiedade tricolor de ir ao ataque e tentar empatar o placar. Erros de passes e dificuldade na movimentação agravaram a situação do Mais Querido.

A desvantagem de dois gols, com menos de 30 minutos de jogo, fez com que a impaciência da torcida, pegando no pé de alguns jogadores, fosse transferida para as quatro linhas. Somente a entrada de Guilherme Queiróz, antes do intervalo, fez com que o rendimento coral diminuísse o ímpeto dos visitantes. Foi a partir daí que o goleiro Mauro Iguatu surgiu como um dos principais personagens, realizando boas defesas em tentativas de Pipico e Charles, inclusive na bola parada.

Na volta do intervalo, a tendência era que a pressão do Santa Cruz ditasse o ritmo da partida. Mas a organização do Treze foi um grande empecilho numa noite pouco inspiradora da Cobra Coral. Nomes como Carlos Renato e Augusto, pela esquerda, foram presas fáceis para o sistema defensivo paraibano. A entrada de Neto Costa, que tem a característica de pivô, serviu para tentar dar sentido aos lançamentos na área.

Se faltou um futebol brilhante, sobrou vontade dos atletas corais. Mesmo com o jogo entrando na reta final e o triunfo do Treze se concretizando, o Santa Cruz seguiu tentando e foi premiado pela perseverança. O empate veio no último minuto inclusive dos acréscimos, ultrapassando a marca dos 50 e dando ao torcedor um gostinho especial.

GOLS - O Treze abriu o placar com apenas quatro minutos de bola rolando. Gil recebeu na esquerda, numa inversão de jogo, e descolou um lindo chute colocado no ângulo esquerdo do goleiro Anderson. A vantagem foi ampliada aos 23 minutos, com Gil novamente incomodando pelo lado do campo. Desta vez, o camisa 7 da equipe paraibana chamou João Victor para dançar e cruzou. No segundo pau, Eduardo cabeceou e balançou novamente as redes corais. De tanto martelar, o Santa Cruz só conseguiu o primeiro gol na altura dos 40 minutos do segundo tempo. Marcos Martins desceu pela direita e cruzou de perna esquerda. A bola veio numa altura suficiente para Neto Costa desviar e enfim vencer Mauro Iguatu. O tão esperando empate veio no último lance do jogo, com Guilherme Queiróz dominando dentro da área e acertando um bom chute rasteiro, no canto direito do arqueiro adversário e assegurando o primeiro ponto do Time do Povo na competição.

MODIFICAÇÕES - Com o time sem reação, a primeira substituição aconteceu quando o relógio marcava apenas 27 minutos de jogo. Bastante vaiado pela torcida, Jô saiu para a entrada de Guilherme Queiróz. A segunda cartada veio aos 15 minutos da etapa final. Luiz Felipe assumiu a criação de jogadas, entrando na vaga de Patrick Vieira. Pouco mais de dez minutos depois, Augusto foi o escolhido para deixar o campo, dando lugar para Neto Costa no setor ofensivo.

Compartilhe:

Com direito a gol no último minuto, Santa Cruz reage e empata com o Treze/PB

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.