Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

61,8

Classifique:

Futebol Profissional

Luciano Sorriso nega proposta por Anderson e fala sobre busca pelo meia

Publicado: quinta-feira,2 de maio de 2019, às 16:39
Por: Alexandre Ricardo

Nas últimas horas, repercutiu na imprensa pernambucana uma notícia que surgiu em Santa Catarina, falando sobre um possível monitoramento da Chapecoense/SC para a contratação do goleiro Anderson, atual titular no Santa Cruz. Emprestado pelo Palmeiras/SP, o arqueiro chegaria para suprir uma necessidade do Verdão do Oeste, que tem hoje um jovem goleiro, formado no clube, vestindo a camisa 1.

A informação foi comentada pelo diretor executivo do Mais Querido, Luciano Sorriso. De acordo com ele, nada de oficial chegou para o clube coral, salientando a boa relação que tem com o Palmeiras e o respaldo existente a nível contratual. Segundo o dirigente, o Santa Cruz tem direito a uma taxa de vitrine em caso de negociação com outro clube.

" Não existe nada, até porque ele (Anderson) tem contrato em vigor conosco até o fim do ano. Ele vai continuar, o Palmeiras não nos alertou sobre nada. Pela nossa relação, se algo chegasse para eles, nos comunicariam. Eles devem muito ao Santa Cruz por ter colocado o Anderson no cenário nacional. Isso é fruto do trabalho dele, mérito total do atleta. Não só ele está sendo observado. Estamos atentos a tudo isso ", disse Luciano Sorriso. 

Detalhando a questão contratual, o executivo seguiu dando exemplos para tranquilizar o torcedor. " Hoje a gente detém 30% de qualquer negociação que vier acontecer com o Anderson. Ele tem uma multa automática. Mesmo caso do Pipico: se alguém tem interesse, existe um valor a ser pago. O vínculo é até o final do ano, até para a gente ter esse direito de vitrine. O campeonato acaba em setembro. Se ele é negociado em outubro? Existe esse cuidado ", explicou.

A pressão por contratações continua. E a busca pelo tão falado meio-campo foi novamente assunto abordado por Luciano Sorriso, que chegou a citar alguns nomes consultados pelo Santa Cruz, mas alguns entraves como calendário e aspecto financeiro continuam dificuldando a ação do clube no mercado. 

" Temos dificuldade por inúmeros motivos. Venho há três meses buscando o meia. Mas não depende só de mim, existe um corpo diretivo. Uma comissão técnica para avaliar. Estamos tentando chegar num denominador comum. Brigamos com um mercado muito grande, inclusive nós saímos dos padrões salariais. E mesmo assim, não tivemos êxito. Fomos em destaques como Léo Artur, Marcos Júnior, Pedro Carmona. E concorremos com outras realidades ", exemplificou.

WARLEY 
" Ele tinha contrato até o final do ano, entrou num jogo contra o Confiança/SE e se destacou, nos deu uma resposta muito boa. E o clube, para se resguardar de algumas coisas, optou por não permitir que ele fosse relacionado. Fomos atrás e renovamos por mais dois anos. Demos um respaldo e agora fica a critério da comissão técnica, sua utilização ou não ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Luciano Sorriso nega proposta por Anderson e fala sobre busca pelo meia

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.