Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

A saga pelo meia: diretoria estipula perfil do camisa 10 a ser contratado

Publicado: sexta-feira,3 de maio de 2019, às 11:08
Por: Alexandre Ricardo

A cada dia, a pressão da torcida pela contratação do tão aguardado meio-campo aumenta. Nas redes sociais e até nos treinamentos realizados no Estádio do Arruda, o nome mais cobrado é o do diretor executivo de futebol do clube, Luciano Sorriso. A busca do Santa Cruz no mercado já completa meses, acumulando rejeições e dificuldades quanto a mão de obra escassa. 

Na tarde da quinta-feira(2), o dirigente acabou citando alguns atletas procurados pelo Mais Querido, mas que acabaram optando por propostas principalmente de clubes da Série A do Campeonato Brasileiro. Foram os casos de Léo Artur, que deixou a Ferroviária/SP para atuar pelo Fluminense/RJ, e de Marcos Júnior, destaque do Bangu/RJ no Campeonato Estadual e contratado pelo Vasco da Gama/RJ.

Eles se juntaram a tantos outros, como Pedro Carmona que recentemente chegou ao Sport Recife e Daniel Costa, que preferiu receber um salário girando em torno de R$ 50 mil no Criciúma/SC. Concorrência essa que tem aumentado até o teto financeiro do Santa Cruz, mas não o suficiente para a vinda de um reforço.

" Já fomos em atletas com valores acima do nosso, mas não conseguimos. Esperamos, o quanto antes, chegar nesse reforço. Assim como o torcedor, estamos esperançosos. Inclusive, vendo a rodada da Série A do Brasileirão, vi que muitos clubes estão atrás desse meia. Não é só o Santa Cruz. Esperamos o quanto antes que essa angústia acabe ", comentou Luciano Sorriso.

Afinal, qual o perfil de atleta que a direção tricolor tem procurado? A demora na chegada de um jogador para vestir a camisa 10 do Time do Povo também tem a ver com a intenção de trazer um nome diferenciado, capaz de dar um retorno esperado e preparado para assumir a responsabilidade de carregar tamanha pressão. 

" Vamos contratar algo muito pontual. Um atleta que, se for vir, tem que assumir a responsabilidade de vestir a 10 do Santa Cruz. A pressão não é fácil. Esperamos sim trazer um outro tipo de jogador. Por isso é difícil que venha em parceria com outros clubes, porque é chance a grande de chegar com caráter de aposta. E aposta não queremos, queremos algo concreto, alguém com rodagem maior ", explicou.

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

A saga pelo meia: diretoria estipula perfil do camisa 10 a ser contratado

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.