Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Por um lugar na final da Copa do Nordeste, Santa Cruz tenta surpreender Fortaleza

Publicado: quinta-feira,9 de maio de 2019, às 08:30
Por: Alexandre Ricardo

Apenas 90 minutos separam o Santa Cruz da sua segunda final da Copa do Nordeste na história. Campeão em 2016, o Mais Querido chega à semifinal da edição de 2019 tentando subverter a lógica que aponta o Fortaleza/CE, adversário nesta missão, como o grande favorito ao título da competição. 

Integrante da Série A do Brasileirão, o Leão do Pici vive um dos melhores momentos da sua centenária trajetória. Atual campeão da Série B, a equipe comandada pelo técnico e ex-goleiro Rogério Ceni chegou ao troféu de campeão cearense e é o único clube vivo no Nordestão que disputa a elite do futebol nacional. Caso confirme o favoritismo, o Leão levará uma conquista inédita para sua galeria.

Já o Santa Cruz do técnico Leston Júnior passa por um período de questionamentos, pelo mau início na Série C do Campeonato Brasileiro. Depois de lutar até o último instante e acabar sendo eliminado para o Fluminense/RJ, na quarta fase da Copa do Brasil, o Mais Querido chega a este jogo com um empate e uma derrota na bagagem, contra Treze de Campina Grande e Ferroviário/CE, respectivamente. 

Este último resultado, do domingo(5) passado, aconteceu no mesmo palco da decisão desta noite: a Arena Castelão. Para tentar um desfecho positivo de vez, o treinador coral terá que superar muitos desfalques. Além de Danny Morais e Dudu, que continuam no departamento médico, Marcos Martins, Augusto e Elias estão suspensos. Patrick Vieira e Sillas Gomes foram outros jogadores vetados pelo DM, mas de maneira recente. 

As escalações de ambas as equipes são uma incógnita. Do lado pernambucano, as dúvidas estão nas laterais, com o substituto de Marcos Martins ficando entre Cesinha e Warley. Na esquerda, Bruno Ré pode ser acionado, adiantando Carlos Renato para o setor ofensivo, onde disputa vaga com Luiz Felipe. Sem Patrick Vieira, a tendência é que Leston Júnior retorne com Allan Dias no meio-campo. No lado direito do ataque, Guilherme Queiróz deve ganhar sequência. 

No lado cearense, Rogério Ceni vive um dilema quanto ao início da Série A, com um calendário apertado e as oitavas de final da Copa do Brasil batendo na porta. Em relação à equipe que perdeu para o Botafogo/RJ no último final de semana, o goleiro Marcelo Boeck pode voltar a ser acionado, num rodízio com Felipe Alves. Roger Carvalho, Paulo Roberto e Edinho, titulares durante boa parte da temporada, estiveram no banco de reservas e também têm seus retornos aguardados. 

Para chegar até à semifinal do Nordestão, o Santa Cruz foi vice-líder do Grupo A, com três vitórias, três empates e duas derrotas, somando doze pontos. Nas quartas de final, a Cobra Coral despachou o CRB/AL nos pênaltis, após empate por 1x1 no tempo normal. O líder da chave, na etapa classificatória, foi justamente o Fortaleza, que também venceu três vezes, mas empatou dois jogos, perdendo apenas para o Botafogo/PB. Na segunda fase, o Leão goleou o Vitória/BA por 4x0.

Copa do Nordeste - Semifinal

Data: 09/05/2019

Horário: 21h30

Local: Arena Castelão, Fortaleza/CE

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)

Equipe provável do Fortaleza/CE: Marcelo Boeck; Tinga, Quintero, Nathan (Roger Carvalho) e Carlinhos; Araruna, Paulo Roberto e Romarinho (Edinho); Osvaldo, Júnior Santos e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.

Equipe provável do Santa Cruz: Anderson; Cesinha (Warley), João Victor, William Alves e Carlos Renato (Bruno Ré); Charles, Ítalo Henrique e Allan Dias; Guilherme Queiróz (Warley), Luiz Felipe (Guilherme Queiróz) e Pipico. Técnico: Leston Júnior.

Compartilhe:

Por um lugar na final da Copa do Nordeste, Santa Cruz tenta surpreender Fortaleza

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.