Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Grupo no WhatsApp e "puxão de orelha": as análises dos adversários corais

Publicado: sexta-feira,14 de junho de 2019, às 20:00
Por: Alexandre Ricardo

No futebol atual, a análise de um adversário é componente importantíssimo no processo de preparação de uma equipe. E no Santa Cruz não é diferente, principalmente com a chegada do técnico Milton Mendes, que tem como característica o perfeccionismo e a atenção com cada detalhe que envolve uma partida de futebol. 

Projetando a partida contra o Globo/RN, que acontece na próxima segunda-feira(17), o meio-campo Allan Dias falou dos aspectos que o grupo já tem conhecimento sobre o oponente. Titular sob comando de Milton, o atleta revelou inclusive que o elenco conta com um grupo num aplicativo de mensagens, onde as informações também são repassadas.

" Já foi passado um vídeo mostrando mais ou menos como o Globo gosta de trabalhar ofensivamente e também sem a bola. A própria questão da bola parada. E vai ser ainda mais frisado. Foi enviado para o nosso grupo do WhatsApp e estamos estudando bem a equipe adversária para ter nossas armas contra eles ", contou Allan Dias.

A relação dos atletas com a comissão técnica pelo celular, na tentativa de dinamizar ainda mais o dia a dia do clube, foi destrinchada pelo jogador. Ele até revelou que, na chegada do comandante, houve até bronca porque nem todos acompanharam os materiais disponibilizados.

" Digamos que seja uma 'tarefa de casa'. Tem o Otávio (Augusto), nosso analista de desempenho que faz esse trabalho de monitoramento de quem vamos enfrentar. Os pontos fortes e outros nem tanto. Inclusive nos primeiros dias ele puxou um pouco nossa orelha porque alguns não tinham visto. Tem que ver todo dia, tem que estar atento. Não é só no campo ", exemplificou.

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Grupo no WhatsApp e "puxão de orelha": as análises dos adversários corais

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.