Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

De volta, Pipico comenta angústia ao ver derrota e quer ver equipe reagindo

Publicado: quarta-feira,3 de julho de 2019, às 12:07
Por: Alexandre Ricardo

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o artilheiro Pipico não pôde entrar em campo diante do Treze de Campina Grande/PB, na rodada passada. A partida acabou marcando a primeira derrota do Santa Cruz na era Milton Mendes, num período de seis jogos onde o camisa 9 balançou as redes seis vezes, numa média superior a um gol por partida, já que ele entrou em campo em cinco partidas. 

De volta para enfrentar o líder Ferroviário/CE, o atacante falou um pouco da angústia de ver o time de longe e não poder ajudar. Pipico tratou o resultado negativo como um "acaso", ratificando a confiança para as próximas rodadas. 

" É ruim demais ficar em casa, torcendo. Ver seus companheiros e o time perder. Imaginei como eles estavam se sentindo lá, após a derrota. Fiquei muito triste porque um resultado bom nos daria uma posição melhor. Mas agora temos dois jogos em casa para reverter essa situação. Foi uma derrota que não esperávamos, um acaso, mas a equipe está trabalhando bem, confiante ", contou.

Empatado com Edson Cariús na lista dos maiores anotadores da competição, ambos com sete gols, Pipico também falou sobre a ausência do camisa 9 do Ferrão Cearense, que estava pendurado na partida diante do Botafogo/PB e acabou sendo suspenso. Reconhecendo que se trata de uma oportunidade de abrir vantagem, ele lembra que o primeiro objetivo é ajudar o Santa Cruz nos objetivos coletivos.

" Primeiro eu quero classificar para a próxima fase, subir principalmente. Não só eu como todos. A artilharia eu vou trabalhar para que ela possa vir naturalmente. Vou continuar trabalhando, me doando para ajudar meus companheiros sempre. A fase está muito boa e espero mantê-la ", ponderou o centroavante.

PÚBLICO 
" Significa muita coisa a presença do nosso torcedores. Quanto mais ele comparecer, ficaremos mais fortes. Quando eu fiquei sabendo dessa campanha dos 50 mil, fiquei feliz. A equipe adversário naturalmente sente a pressão. Particularmente, quando joguei aqui contra, na Série B, vi o quanto faz a diferença. Se não estiver ligado, concentrado, acaba sendo surpreendido ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

De volta, Pipico comenta angústia ao ver derrota e quer ver equipe reagindo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.