Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

29,4285714285714

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz perde para o Sampaio Corrêa/MA e estica jejum no returno da Série C

Publicado: quinta-feira,18 de julho de 2019, às 21:57
Por: Alexandre Ricardo

O TIME -  Sem ainda conseguir a escalação da equipe, o técnico Milton Mendes mandou a campo uma formação cheia de mudanças. Sem poder contar com o volante Charles, o treinador optou pela entrada de Lucas Gonçalves na cabeça de área, ao lado de Kadu. No ataque, Everton voltou a ficar disponível após cumprir suspensão, mas Misael formou o trio ofensivo, ao lado de Dudu e Pipico. Outras duas modificações foram realizadas por opção. Vitão entrou no lugar de Danny Morais e Daniel Costa foi para o banco de reservas, abrindo espaço para Allan Dias. Com proposta para sair do clube, Marcos Martins sequer ficou como opção para o decorrer do jogo. Cesinha foi para a lateral-direita e Victor Lindenberg estreou na esquerda. O time entrou com Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor Lindenberg; Lucas Gonçalves, Kadu e Allan Dias; Dudu, Misael e Pipico.

O JOGO - Em mais uma atuação pobre tecnicamente falando, o Santa Cruz perdeu mais uma nesta Série C do Campeonato Brasileiro. O Sampaio Corrêa/MA venceu por 1x0, com gol de Roney, e esticou o jejum coral neste segundo turno. Em quatro rodadas, o Time do Povo somou apenas um ponto e começa a se complicar na tabela.

Jogando em casa, o Sampaio Corrêa iniciou com uma maior posse de bola, enquanto o Santa Cruz apostava no contra-ataque para forçar o erro do adversário e incomodar utilizando a velocidade de Misael e Dudu, abertos pelas pontas. Porém, as chances de gols foram mínimas. O momento de maior perigo nos primeiros instantes foi quando Victor Lindenberg dominou na entrada da área e mandou um chutaço, acertando o travessão de Andrey.

As equipes seguiam se estudando e pouco deram de trabalho aos dois goleiros. A partir do gol marcado pelos maranhenses, o Santa Cruz passou a valorizar a troca de passes, mas tinha dificuldade em encaixar as triangulações. Cenário perfeito para a rapidez de Roney, pela esquerda, que além do gol iniciou a jogada do pênalti cometido por Kadu, cerca de dez minutos depois da inauguração do marcador. 

Porém, na cobrança da penalidade, Salatiel Júnior caprichou demais na caminhada para a bola e chutou fraco no canto direito de Anderson, que evitou o segundo gol do Tubarão. Nada mudou até os times seguirem para o intervalo, mesmo com a desvantagem tricolor, que só ameaçou a defesa do Sampaio numa chegada de Cesinha, que cruzou e quase encontrava Pipico na área, mas a bola foi cortada de soco por Andrey.

Na segunda metade do jogo, o Santa Cruz foi em busca do resultado, mas continuava esbarrando na falta de inspiração dos seus homens de frente. Com um grau maior de lucidez, Pipico era quem mais tentava tanto na armação quanto no último toque para uma finalização. A entrada de Guilherme Queiróz recuou o camisa 9 para auxiliar nessa continuidade das jogadas. 

Em nenhum momento, o Mais Querido conseguiu sufocar o Sampaio Corrêa no campo de defesa, que não precisou de muito esforço para segurar o resultado. A chance de matar o jogo surgiu nos pés de João Paulo, que arrancou num contra-ataque mortal, mas o chute foi afastado por Cesinha quase em cima da linha. Nos últimos instantes, Kauê recebeu dentro da área e mandou um chutaço, mas Anderson evitou o pior.

GOLS - Aos 23 minutos de partida, o Sampaio veio avançando pelo lado esquerdo de ataque e Roney recebeu a bola na intermediária. O camisa 11 da Bolívia Querida saiu costurando o sistema defensivo coral, invadiu a área e mandou um forte chute para vencer o goleiro Anderson e abrir o placar. 

MODIFICAÇÕES - A primeira substituição coral foi promovida com sete minutos de bola rolando no segundo tempo. Allan Dias deixou o campo, para a entrada de Everton. Dez minutos depois, foi a vez de Guilherme Queiróz entrar em campo, saindo Dudu. Por volta dos 25, Warley foi a última cartada coral, assumindo o lugar de Misael.

Compartilhe:

Santa Cruz perde para o Sampaio Corrêa/MA e estica jejum no returno da Série C

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.