Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

Futebol Profissional

Apesar da derrota, Milton Mendes opina: "Caímos de pé, jogamos muitíssimo bem"

Publicado: sábado,24 de agosto de 2019, às 21:12
Por: Alexandre Ricardo

Se o placar apontou um amplo domínio do Náutico sobre o Santa Cruz, não foi bem assim que o técnico Milton Mendes enxergou a derrota no Clássico das Emoções, que marcou a eliminação coral na Série C do Brasileirão. De acordo com ele, o Mais Querido foi melhor dentro de campo e pequenos detalhes fizeram a diferença a favor do time alvirrubro.

" É muito complicado, difícil para nós todos. Mas se olharmos bem o jogo, nossa equipe comandou o tempo inteiro. Fomos ter um chute deles aos 20 minutos. O gol aos 30 e o segundo, uma pintura, nos acréscimos. Fomos para o intervalo comandando o jogo, voltamos com iniciativa e eles com bolas longas como fizeram no primeiro turno, na nossa casa. Nós com movimentação, diagonais. Mas infelizmente não fizemos os gols ", opinou o treinador.

Continuando a valorizar o desempenho dos seus comandados, Milton Mendes também surpreendeu ao considerar que se tratou da melhor atuação do Santa Cruz, com ele conduzindo o time. " Os jogadores trabalharam muito, no meu ponto de vista foi a melhor partida sob comando. A equipe jogou muitíssimo bem. Como eu disse anteriormente, estávamos em crescimento. Os meninos são guerreiros, fortes, trabalhadores. Caímos, mas caímos de pé. Mostramos como se joga futebol ", emendou.

FUTURO 
" Todo final de temporada é momento de reflexão. Eu tenho acordo com o clube de três anos. Sem dúvida nenhuma, temos uma relação extraordinária. Isso não vai ser problema nenhum, ficando ou não. É o que menos importa agora. Nossa preocupação é com os meninos, que estão iniciando sua vida. Eu estou bem resolvido ".

RECADO À TORCIDA 
" É pedir desculpa a eles, dizer que nós fizemos tudo. Desde trabalho, concentrações, aspecto psicológico, salários. Tudo que estava ao alcance. Infelizmente, existem coisas que ultrapassam isso tudo. Não foi só o Anderson que chorou ao final da partida. Todos muito sentidos, porque têm identificação com o clube. É erguer a cabeça, meter o pé e ir na fé ".

Ouça entrevista na integra

Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Compartilhe:

Apesar da derrota, Milton Mendes opina: "Caímos de pé, jogamos muitíssimo bem"

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.