Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Cinco dos sete meias contratados pelo Santa Cruz em 2019 não marcaram gols

Publicado: quinta-feira,29 de agosto de 2019, às 15:33
Por: Alexandre Ricardo

Se existiu uma posição inconstante no Santa Cruz durante a temporada 2019, com várias cobranças da torcida para contratações, foi o meio-campo. Desde o início da preparação, sete jogadores foram trazidos para o setor, com quatro deles chegando para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Allan Dias e Luiz Felipe estiveram desde o início do ano, com o primeiro sendo titular sob comando do técnico Leston Júnior e obtendo a artilharia do Mais Querido no Campeonato Pernambucano, com quatro gols marcados. Apesar de jogar como segundo volante nos últimos clubes, o atleta acabou sendo a principal peça na armação de jogadas, devido a necessidade.

Já Luiz Felipe recebeu poucas oportunidades na condição de titular, saindo do banco de reservas em 13 das 22 partidas que disputou no time principal. Sem muito espaço, foi utilizado no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, reforçando o Sub-23, mas não balançou as redes em nenhuma ocasião. Cenário de pouco brilho, parecido com a trajetória de Patrick Vieira, que estreou em março, após quase dois meses de ser contratado. Foram apenas dez jogos, também sem gol marcado. 

Dos quatro que chegaram para levar o Santa Cruz à Série B, apenas Everton se firmou como titular, sendo ao lado de Allan Dias uma exceção no assunto artilharia. Em 14 jogos na Terceira Divisão, o experiente atleta fez dois gols, além de fazer a função de segundo volante, principalmente depois da chegada do técnico Milton Mendes. Vindo do Atlético Tubarão/SC, Daniel Costa também chegou com esse status, mas logo caiu de rendimento e foi preterido por três rodadas.

Assim como Daniel Costa, Celsinho e Jailson também pouco contribuíram. Enquanto Celsinho teve uma lesão na coxa logo depois de estrear, retornando e fazendo apenas duas partidas saindo do banco, Jailson não repetiu as boas atuações da temporada passada e não produziu o suficiente para ter sua vaga sem contestação. Números, rendimentos e constatações que evidenciam o complicado ano da Cobra Coral para achar um "camisa 10".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

Compartilhe:

Cinco dos sete meias contratados pelo Santa Cruz em 2019 não marcaram gols

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.