Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

44,1428571428571

Classifique:

Futebol Profissional

Felipe Cabeleira estreia no profissional e se apresenta ao torcedor

Publicado: quinta-feira,17 de outubro de 2019, às 12:03
Por: Alexandre Ricardo

Depois de assinar seu primeiro contrato profissional com o Santa Cruz, o prata da casa Felipe Cabeleira já vem ganhando oportunidades no atual time principal do Mais Querido. Principal peça da equipe Sub-17, a promessa, nascida em 2002, já foi utilizado pelo técnico Thiago Farias no Sub-20 e agora vem treinando com o plantel que defende o Tricolor na Copa Pernambuco. 

E a primeira oportunidade já veio na segunda rodada, com Felipe de Oliveira Simplício indo ao banco de reservas e sendo acionado no segundo tempo do duelo diante da Cabense, fora de casa. O garoto já apresentou seu cartão de visitas ao contribuir com duas assistências na goleada pelo placar de 6x0, que garantiu o primeiro triunfo do time conduzido pelo técnico Paulo Massaro. 

Realizando sua primeria entrevista, o meia apresentou suas características ao torcedor. Além disso, descreveu um pouco da sua trajetória que teve início no futebol de salão. 

" Minha característica é mais de armar o jogo, poder pensar um pouco as jogadas. Sou um cara que gosta muito de alongar a bola, fazendo um jogo mais rápido. Eu comecei no Sport, com sete anos. Aos 14 anos, quis jogar no campo e fui para Minas Gerais. Voltei para o Sport e fui dispensado numa sacanagem que fizeram comigo, coisas do futebol. Fui para o Athletico/PR, passei, mas voltei para Recife e fiquei no Santa Cruz, senti que era o lugar certo ", contou.

Feliz com a chance de poder mostrar qualidade, apesar da pouca idade, Felipe Cabeleira quer cavar uma vaga no grupo que vai disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Ciente da importância de estar disputando uma Copa Pernambuco, o atleta mostra confiança ao projetar aparições em competições de grande nível. 

" Para mim, é a oportunidade da minha vida. Se eu me destacar, posso ir para a Copinha. Quero, ano que vem, aparecer no profissional. Tenho que me destacar muito, pois vão chegar jogadores novos, treinador novo, fora os que já estão aqui e têm muita qualidade. Os mais experientes me ajudam muito, o meu 'pai' Hericles pega no meu pé o tempo todo. O Kadu também ", brincou o prata da casa.

Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

Compartilhe:

Felipe Cabeleira estreia no profissional e se apresenta ao torcedor

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.