Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Presidente coral deixa em aberto a possibilidade de retomar Taça Chico Science

Publicado: quinta-feira,21 de novembro de 2019, às 14:29
Por: Alexandre Ricardo

Nos anos de 2015 e 2016, o Santa Cruz promoveu a Taça Chico Science, evento-amistoso para abrir a temporada da equipe profissional. Depois de três anos sem o evento, existe a possibilidade do Mais Querido organizar outra edição do troféu, no mês de janeiro de 2020.

Com a primeira partida oficial do ano marcada para o dia 18 de janeiro, contra o Petrolina pelo Campeonato Pernambucano, a diretoria coral condiciona a realização da Taça Chico Science à viabilidade no que diz respeito às condições do Estádio do Arruda, que atualmente passa por uma troca integral do gramado.

" Estamos esperando para começar a temporada na nossa casa, correndo atrás de todos os requisitos exigidos pela empresa responsável pelo trabalho no campo de jogo, a Greenleaf. Queremos um gramado à altura do nosso estádio. Vai depender também da questão da pré-temporada, com a possibilidade de levar o jogo para fora do Arruda ", disse o presidente Constantino Júnior, em entrevista à Rádio Clube AM.

Ainda de acordo com o mandatário tricolor, o Mais Querido também aguarda a possibilidade de receber a parceria de uma emissora de TV fechada, que poderia trazer um adversário do exterior, além de obviamente exibir a partida. 

2015
Na primeira edição do evento, o Santa Cruz recebeu o Zalgiris Vilnius, da Lituânia. Após o empate no tempo normal em 1x1, com o atacante Waldison marcando a favor do time coral, os lituanos levaram a melhor nos pênaltis (11 x 10), com direito a 24 cobranças. O público no Arruda foi de apenas 5.011 torcedores.

2016
No ano seguinte, com a Cobra Coral voltando a disputar a Série A do Brasileirão depois de dez anos, o convidado foi o Flamengo/RJ. 15.858 pessoas estiveram nas arquibancadas do Arruda, presenciando a vitória coral pelo placar de 3x1, de virada, com gols de Grafite, João Paulo e Arthur.

HOMENAGEADO 
Chico Science era torcedor do Santa Cruz e morreu em 1997, vítima de um acidente de carro. Em 2019, completaria 53 anos. O cantor e compositor  foi um dos principais responsáveis pela criação do movimento Manguebeat, em meados da década de 1990.

Foto: Antônio Melcop

Compartilhe:

Presidente coral deixa em aberto a possibilidade de retomar Taça Chico Science

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.