Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

88,2857142857143

Classifique:

Futebol Profissional

Valorizando adversário, Itamar Schulle enxerga Santa Cruz criando identidade

Publicado: terça-feira,21 de janeiro de 2020, às 23:39
Por: Alexandre Ricardo

Sempre exigente em seu discurso, o técnico Itamar Schulle fez questão de enaltecer o empenho dos seus atletas após a vitória sobre o Retrô, de virada, no Estádio dos Aflitos. Conseguindo reverter o prejuízo no segundo tempo, o treinador fez a leitura do que a equipe pecou na primeira etapa, para ir ao intervalo com o placar adverso de 1x0.

" Eles (Retrô) fizeram um gol, que no meu modo de ver estava impedido, e depois tiveram mais uma finalização, enquanto nós tivemos mais de dez finalizações ainda no primeiro tempo, mas não soubemos aproveitar. Tivemos insegurança e a bola não chegou da maneira correta na frente, o que é natural com o adversário fechando os espaços. Conversamos no intervalo, colocamos um jogador descansado (Mayco Félix), deu certo, e continuamos agressivos ", analisou o comandante.

Com mais três pontos na bagagem, Itamar Schulle ressaltou o processo de evolução no qual está inserido o time, neste início de temporada. A qualidade do adversário, que realiza um bom investimento para surpreender na competição, foi um fator utilizado pelo técnico para exaltar o resultado obtido.

" Jogamos contra uma equipe forte, que conta com jogadores de qualidade. Alguns tive a oportunidade de ter trabalho anteriormente. Isso valoriza a vitória. É dar parabéns aos atletas. Conquistar seis pontos em duas partidas é muito importante. A equipe está numa evolução, criando a identidade da pegada, da entrega, de não desistir, com kogadores de base recebendo oportunidade. São situações que fazem parte desse começo ", comentou.

TRABALHO 
" Não é fácil vestir uma camisa do peso que é o Santa Cruz, dar oportunidade a meninos. Estamos dando tranquilidade, confiança, contentes pela resposta desses atletas. Pretendemos subir mais três atletas do juniores para o elenco, que é pequeno. Contamos com a chegada de outros atletas também, que a diretoria está tratando. É uma questão interna e temos pedido isso ".

TITULARIDADE 
" Nome para mim nunca foi sinônimo de ser titular. O jogador pode ser desconhecido, mas a qualquer momento ele pode somar num clube de futebol. Isso todos sabem, da maneira que eu tenho de trabalhar. O espaço está sempre aberto, mas cada um tem que agarrar. Ninguém vai ter vaga só pelo nome ".

Ouça entrevista na integra

Foto: Paulo Paiva/Diario de Pernambuco

Compartilhe:

Valorizando adversário, Itamar Schulle enxerga Santa Cruz criando identidade

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.