Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Cotas da Copa do Brasil de 2020 já estão definidas pela CBF

Publicado: sábado,25 de janeiro de 2020, às 11:46
Por: Alexandre Ricardo

Competição que abriga a maior quantidade de clubes no futebol nacional, a Copa do Brasil tem se caracterizado pelos bons números referentes às premiações disponíveis para as equipes. Na edição de 2020, por exemplo, houve um incremento de R$ 12,53 milhões, com os 91 participantes podendo dividir a cota total de R$ R$ 303,62 milhões.

Com o regulamento mantido, promovendo a disputa através de oito fases, o torneio divide os times em três subgrupos, nas duas etapas iniciais. Os critérios vão desde a participação na Série A do Brasileiro até à posição no ranking nacional de clubes. No Grupo 1, estão os 15 clubes com melhor ranking, enquanto que o restante das equipes de Série A integram o Grupo 2.

Todos os outros 68 times inscritos na 1ª fase dividem o Grupo 3, entre eles o Santa Cruz, que recebe R$ 540 mil pelo confronto diante do Operário de Várzea Grande/MT, marcado para às 19h15 do próximo dia 5 de fevereiro, na Arena Pantanal. Em caso de classificação, o Mais Querido garante um acréscimo de R$ 650 mil, pela participação na segunda fase.

Em 2019, o Mais Querido alcançou a quarta fase da Copa do Brasil, sendo eliminado nos pênaltis pelo Fluminense/RJ. Caso a boa campanha se repita, o clube das três cores levanta uma receita de R$ 4,690 milhões. No ano passado, esse valor foi de R$ 3,920 milhões, sem os devidos descontos de aproximadamente 36% da quantia (5% INSS; 5% Direito Arena; 6% FPF e pelo menos 20% da Justiça do Trabalho).

Cotas da Copa do Brasil de 2020: 

1ª fase
80 clubes (total de R$ 49,17 mi)
Grupo 1 – R$ 1,1 milhão
Grupo 2 – R$ 950 mil 
Grupo 3 – 540 mil

2ª fase
40 clubes (total de até R$ 32,45 mi)
Grupo 1 – R$ 1,30 milhão 
Grupo 2 – R$ 1,03 milhão 
Grupo 3 – R$ 650 mil 

3ª fase
20 clubes (total de R$ 30,0 mi)
Cota única – R$ 1,5 milhão 

4ª fase
10 clubes (total de R$ 20,0 mi)
Cota única – R$ 2,0 milhões 

5ª fase, oitavas de final
16 clubes (total de R$ 41,6 mi)
Cota única – R$ 2,6 milhões 

6ª fase, quartas de final
8 clubes (total de R$ 26,4 mi)
Cota única – R$ 3,3 milhões 

7ª fase, semifinal
4 clubes (total de R$ 28,0 mi)
Cota única – R$ 7,0 milhões 

8ª fase, final
2 clubes (total de R$ 76,0 mi)
Campeão – R$ 54,0 milhões 
Vice – R$ 22,0 milhões

Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Compartilhe:

Cotas da Copa do Brasil de 2020 já estão definidas pela CBF

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.